sexta-feira, 8 de abril de 2011

UMA VIDA, UMA HISTÓRIA , A MUDANÇA ...


Um testemunho de vida, uma história para se contar alguns detalhes e o acreditar na mudança.

Uma vida...                        

Olho  para trás e vejo o quanto passei...
Me vi caminhando, indo á igreja, crescendo e aprendendo na minha infância. Uns tentaram me guiar e outros ainda me desviar.

A história ...

Encontrei uma pessoa na minha adolescência que me ensinou muito sobre Deus, mas passando um tempo, passei a conhecer outros caminhos, outros ensinos como estudos gnósticos. Continuei insatisfeito, me dediquei á meditação e ao budismo. Nada funcionava para mim, e então me voltei para a filosofia e assim segui...

Cada vez com mais vazios que precisavam ser preenchidos.
Caminhos tortuosos me cercaram, algumas avenidas e becos se abriram e caí no mundo das drogas até chegar ao fundo do poço. Trabalhei e experimentei tantas coisas, passei por dois desafios jovens... e um dia  venci as drogas.

A vida que eu escolhia me trazia coisas estranhas, não tinham muito sabor e quando eu as provava, me decepcionava. Minha família e pessoas que poderiam me orientar e me ajudar já não podiam, pois estavam mais perdidos do que eu. Chegava acreditar que Deus não existia, talvez falava isso para ter uma resposta para as pessoas e para mim mesmo.  Não estava satisfeito, algumas pessoas me diziam amar a Deus, mas  eu não conseguia enchergar esse amor em suas vidas. Presenciei cada aberração que me dava nos nervos.

Um dia tive  uma experiência, senti um vento tão forte que me cegou de tal maneira, eu chorava compulsivamente e ninguém conseguia acreditar em mim. Fiquei cego pela verdade de estar na presença de Deus. Era muito novo ainda não entendia e só via extremos em minha vida. De um lado a loucura e de outro a realidade fria. Então me travei para o caminho certo que deveria seguir, o caminho que eu primeiramente amava.

Meus olhos ainda nublados,  não acreditavam o bastante ou em nada, a não ser, no aqui, no agora ou em energias e momentos. Os caminhos foram me mostrando e eram eles... o amor ou a dor. Alguns me olhavam e achavam que seria fácil, outros tentavam me fazer acreditar em suas próprias mentiras e enganos. Eu particularmente chegava á pensar que nasci pela dor, vivia na dor e iria morrer nessa dor. Mas eu tinha uma coisa em meu coração, tinha motivos bons e eu procurava ser justo.  Mas não me encontrava satisfeito, e não conseguia ver o que me diferenciava de uma pessoa que diz ter Deus ou ser religioso á não ser o fato de eu ter ainda algum vício, como o cigarro por exemplo.
________________________________________________

A mudança
...

Mas ... minha busca continuava, e um dia sem eu esperar fui pego de surpresa, fui envolvido a ponto de ficar sem saber para onde correr, fui colocado diante da minha vida, diante de mim mesmo e puder ver quem eu era não diante dos meus olhos, não diante dos olhos das pessoas, mas diante dos olhos daquele que tinha um plano em minha vida.

Numa experiência única, meus olhos começaram a ser abertos, e pide ver que nada nesse mundo poderia me fazer entender os "por quês", e me dar as resposta para minhas diversas perguntas, a não ser Ele . “Ele que é e sempre será”.  Seu amor foi cobrindo e apagando todas as minhas transgressões, e me consolou de todas as tribulações e do tempo roubado pelo gafanhoto.

 Era o amor que constrange, amor que lança no mar do esquecimento todos os meus pecados e fraquezas e restaura o coração despedaçado e insatisfeito.
Hoje esse amor continua a me intrigar, a me comover e  nada mais pode me tirar dele, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura poderá me separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. Pois ele é a razão do meu existir.
 
* Que essas experiência de vida possam alcançar outras vidas...
Vidas que estão a procurar a resposta...
Vidas que estão a procurar  o amor maior!




Jacke