terça-feira, 15 de maio de 2012

MÃE,

Tu és um tesouro sem explicação.
Criada para glória de Deus e para com todo seu amor cuidar de mim,
escolhida para em seus braços me carregar.
Enquanto vou crescendo, posso ver em sua vida, dias de dedicação sem fim.
Não existe limites nem tempo, nem hora, para fazer algo por mim.
Sopra o vento, desaba a chuva e você sempre por perto
para
me acalmar com seus novos mimos.
E quando perto já não posso te ter,
lembro de suas mansas e sábias palavras,
onde buscas inspiração de Deus,
como aquela luz que no escuro nunca se apaga.

Às vezes vejo você ganhando algumas rugas
e mesmo assim, vejo sua beleza que resplandece
só de me dar aquele lindo sorriso,
que  apesar de tão cansada, ainda me diz:

 “Esta tudo bem, fique aqui perto de mim!”
Com toda adoração sempre faz como Ana ...
  de joelhos me entrega ao Senhor e segue incansável
com seu doce amor sem fim.

***
Pude te dizer essas palavras pessoalmente,
e agora as deixo registradas aqui.

De sua filha que tanto te ama,
e que hoje  também sendo mãe,
sei reconhecer talvez melhor,
tudo que fizestes por mim,
e por isso hoje estou aqui,
no melhor dos meus dias
e isso devo a ti,
minha mãe.


Jackeline Matos